Obras em casas: opções de revestimento para casas de banho — idealista/news

2022-01-05 04:30:17 By : Ms. Laura Luo

A casa de banho é uma das divisões da casa mais sujeita a renovações devido ao elevado desgaste ou, simplesmente, porque gostaríamos de atualizá-la e modernizá-la, conferindo-lhe maior conforto. De resto, como deveria ser em toda a nossa casa, pois é nela que começam os nossos dias e é também que por lá passam muitas das nossas rotinas diárias.

Na altura de renovar a casa de banho as dúvidas recaem, essencialmente, sobre os acabamentos a aplicar porque, efetivamente, a renovação de uma divisão não é algo que se faça de forma irrefletida. Num artigo preparado para o idealista/news, a MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, apresenta várias sugestões e dicas sobre tipos de revestimento de casa de banho.  

A casa de banho é uma das divisões da casa onde mais se utiliza cerâmica como revestimento. O que o torna tão popular é, sobretudo, a sua resistência à humidade - a inimiga número um das nossas casas de banho - e a facilidade de limpeza.

O revestimento cerâmico pode ser aplicado sobre as paredes sem acabamento pré-existente ou, até mesmo, sobre os revestimentos existentes. Pode, também, ser utilizado em remodelações de casas de banho totais ou parciais ou, ainda, para criar simples apontamentos ou dar um toque de personalidade.

Se optares pelo revestimento cerâmico, dá preferência aos porcelanatos, um material cerâmico onde a absorção de água é praticamente nula, e, preferencialmente, material retificado, que permite uma aplicação com junta mínima de 2mm, evitando uma maior acumulação de fungos e bolores ao longo do tempo. Atualmente este material consegue acompanhar as tendências decorativas e a oferta abrange os mais diversos gostos e estilos de vida.

As ofertas vão desde os lisos, clássicos e revivalistas, mimetização de pedra, madeira ou metal, a opções mais urbanas como a imitação de betão; desde os pequenos formatos, mais clássicos e vintage até dimensões que conseguem abranger toda a altura de uma parede; desde os brancos, passando pelos neutros, até aos negros; desde padrões a texturas relevo; aliando sempre a sua dimensão funcional à dimensão estética e decorativa.

Um revestimento cerâmico de qualidade poderá rondar valores acima dos 30,00€/m2, dependendo das marcas e formatos escolhidos, não considerando aqui a mão-de-obra necessária à sua aplicação, bem como os respetivos materiais de montagem.  Não sendo o revestimento mais económico é, certamente, um revestimento resistente e duradouro, de escassa manutenção, o que o torna, sem dúvida, no material de eleição.

O papel de parede sempre foi considerado um 'must have', mas nem sempre nas casas de banho. Se a tua casa de banho estiver em plenas condições de funcionamento e utilização, mas quiseres fazer apenas um 'facelift', o papel de parede poderá ser a escolha mais acertada, aliando a facilidade e a rapidez da execução a um resultado surpreendente a baixo custo, sem manutenção e facilmente mutável.

Com a evolução dos tempos, os papéis de parede têm ganho pontos quando falamos em revestimentos para casas de banho, dado a existir agora vasta oferta de papéis resistentes a estes ambientes. Opta, preferencialmente, por colocar este material em casas de banho de serviço onde, comumente, não há uma zona de duche e, consequentemente, maiores concentrações de humidade, criando uma decoração única e conferindo uma certa personalidade que a tornará quase como o cartão de visita da tua casa.

Podes optar por colocar o papel de parede num apontamento de destaque ou na totalidade das paredes mas, não te esqueças, deves sempre combiná-lo com a decoração envolvente ou com o estilo de decoração da casa. Felizmente, a oferta é tão diversificada, com inúmeras variações de lisos, texturados, coloridos, geométricos, florais e outros tantos originais, e quanto menor for o espaço mais poderás arriscar neste elemento decorativo.

Seja qual for a tua opção estética, opta sempre por um papel de parede de qualidade e adequado a casas de banho, como o vinílico ou o TNT (tecido não tecido), que apresentam boa resistência à humidade, e exclua das suas opções os papéis de parede de celulose.

Para esta solução poderás gastar uma média de 45 euros por rolo que, por norma, rondam os 53cm de largura por 10m de comprimento. Irás necessitar, ainda, de um kit e cola para aplicação do papel, num valor aproximado de 35 euros. Mas não te esqueças que para aplicar o papel, a parede deve estar lisa e limpa.

Embora seja um trabalho simples e possas fazê-lo tu mesmo, o ideal é mesmo contratar um profissional, sobretudo quando se trata de aplicar papéis com padrões e/ou texturas a conjugar.

Se achas que a remodelação de uma casa de banho é morosa e penosa, ou que irá pesar demasiado na tua carteira, mas mesmo assim pretendes fazer um 'refresh' do ambiente sem grandes obras, a pintura poderá ser a solução ideal.

Por norma, as nossas casas de banho já se encontram revestidas com azulejos. Se assim for, tens duas opções: fazer, simplesmente, a pintura dos azulejos existentes; ou tornar a superfície lisa, com um preenchimento das juntas e, posteriormente, aplicar a pintura.

Em qualquer um destes casos, para pintar as paredes da casa de banho precisas, primeiramente, de desengordurar os azulejos com água quente e um detergente neutro. Depois lava-os bem com água limpa.

Se pretenderes, então, ocultar as juntas, deves preenchê-las com uma boa massa de regularização, com o auxílio de uma espátula. Existem, no mercado, várias massas prontas a aplicar cujo valor é de, aproximadamente, 5,00€/Kg.

Antes de aplicar a pintura, prepara os azulejos com a aplicação de um primário que garanta a boa aderência da tinta, que deverá ser esmalte acrílico de alta qualidade e máxima resistência, aplicado em duas ou três demãos. Estes esmaltes, especialmente desenvolvidos para locais que exijam fácil limpeza, podem encontrar-se no mercado em milhares de cores e, geralmente, em três acabamentos como mate, acetinado e brilhante.

Os valores destes esmaltes variam de marca para marca e consoante a cor afinada, no entanto, podemos falar em valores a rondar os 25€/litro, com um rendimento de, aproximadamente 13 m2 por litro.

Estes valores excluem, como é óbvio, a mão-de-obra. No entanto, e embora o nosso conselho passe por contratar um profissional para a execução deste trabalho, este também pode, perfeitamente, ser feito por ti mesmo caso seja amante das bricolages.

A escolha dos revestimentos para a casa de banho deve ser ponderada. Existem soluções para todos os gostos e estilos, mais ou menos definitivas e com maior ou menor manutenção. De qualquer modo, só precisas de dar asas à imaginação ou procurar os profissionais adequados para te aconselhar sobre a decisão mais acertada e enquadrada às tuas necessidades e personalidade.

* Este artigo contou com o apoio técnico da MELOM Vanguarda (Maia)

No design contemporâneo, o duche tem um papel muito proeminente na casa de banho. Para além da funcionalidade, que deve ser sempre a prioridade, presta-se cada vez mais atenção à estética das bases de duche com propostas mais minimalistas. Os especialistas da Habitissimo recomendam soluções de design que transformam completamente a casa de banho em ambientes originais e modernos. Apresentamos-te 6 ideias para trocar a base de duche. As bases de duche ao nível do chão são caracterizadas por linhas limpas graças à ausência de degraus. Uma solução que permite que o piso e a zona do duche fiquem à mesma altura, tornando o acesso mais prático e simples. Ficam bem em casas contemporâneas e também são muito fáceis de limpar.

Não é segredo para ninguém que o estilo vintage está na moda (também) na decoração das casas, contando com cada vez mais adeptos. Mas, e se quiseres decorar uma casa de banho com este estilo? Com a ajuda do portal Habitissimo, deixamos-te algumas dicas simples para decorar casas de banho vintage. Se quiseres ter uma casa de banho vintage, tens que pensar nela desde raiz. Assim, procura escolher revestimentos originais e associados visualmente ao estilo vintage e clássico. Se quiseres algo mais simples, os azulejos brancos são muito associados a este estilo e ficam bem com tudo, não saindo de moda. Se não gostas de azulejos, podes optar por papel de parede de casa de banho com motivos vintage ou floridos.

Casas de banho bem decoradas tornam-se mais agradáveis e convidativas. Mas é um erro pensar que só é possível fazer bons projetos de decoração em grandes espaços. As casas de banho pequenas podem ser um grande desafio, contudo, há muitas boas ideias para ganhar metros quadrados (m2) sem sacrificar o estilo.  Em colaboração com a Habitissimo, deixamos-te 6 dicas infalíveis para decorar casas de banho pequenas. Há detalhes que fazem mesmo toda a diferença.  Um bom projeto de iluminação ajuda a criar uma maior sensação de amplitude no local, pelo que a iluminação deve ser especialmente bem pensada numa casa de banho pequena. Coloca focos de luz em locais específicos, como na zona do espelho, e aposta numa boa iluminação de teto, que permita que não haja locais obscurecidos na casa de banho.

As casas passivas estão a revolucionar o mundo da habitação. Com a crescente consciência que existe em torno de imóveis que respeitam o meio ambiente, os avanços nas tecnologias de construção sustentável são cada vez maiores. Trata-se de casas eficientes que reduzem o consumo de energia em 90% em relação a uma casa normal, aproveitando recursos naturais como a luz solar ou o calor do terreno. Esta em particular, é uma casa localizada no meio da floresta, que graças à sua estrutura consegue integrar-se totalmente no meio ambiente. Com um telhado forrado de relva e plantas, o imóvel mistura-se facilmente com a zona envolvente.

Nas grandes cidades há muitas caves habitáveis. Algumas estão ao abandono porque também sofrem com o problema da humidade. Por esta razão, há cada vez mais estúdios de arquitetura a realizarem reabilitações totais destes espaços para transformá-los em apartamentos confortáveis para se viver. É o caso do estúdio do Grupo Wink, que realizou uma reforma abrangente deste projeto localizado na Calle de Lagasca em Madrid (Espanha). O Grupo Wink tinha três objetivos principais:

A cor do ano 2022 da Pantone já é oficialmente conhecida e chama-se Very Peri. Trata-se de uma cor alegre e que procura refletir as possibilidades que o digital tem para o nosso futuro, indo ao encontro das tendências mundiais. É a primeira vez, aliás, que a Pantone decidiu criar uma nova cor e não usar uma já existente. Se te apaixonaste por esta cor, deixamos-te ideias de como a podes usar em cada divisão da casa, em colaboração com o habitissimo. Longe vão os tempos em que apenas se usavam cores neutras nos quartos. Hoje, procuramos quartos com alguma cor, que pode ser dada através dos têxteis, como lençóis e almofadas. Esta é uma boa forma de usar a cor Pantone de 2022, já que assim conseguirás dar mais cor ao espaço sem ter de gastar muito. Também podes optar por quadros ou pequenas decorações nessa cor, que sirvam apenas como um pequeno destaque no espaço.

Sabias que as melhores plantas artificiais podem ser feitas por ti? Para quem passa muito tempo no lar, fazer plantas artificiais é uma maneira de dar asas à criatividade e obter ecléticas obras de arte. Conseguirás decorar a sala de estar, o quarto, a cozinha ou mesmo a casa de banho de uma maneira divertida sem gastar muito dinheiro.